Você está Aqui: Início Vídeos Paulista de Kart 2009 Videos - Grandes atuações de Giuliano Raucci durante o mês de abril

Videos - Grandes atuações de Giuliano Raucci durante o mês de abril

E-mail Imprimir PDF

clique para ampliar
Giuliano comemora a vitória na Cadete
Foto:Claudio Reis
Três provas, três pódios alicerçados em grandes atuações. Este é o positivo saldo das apresentações durante o mês de abril do kartista Giuliano Raucci Refrigerantes (Dolly/ ULV/ KartZoom), que disputou no dia 4/04 a segunda etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana pelas categorias Cadete e Super Cadete e, no dia 18/04, a terceira etapa do Campeonato Paulista de Kart, acelerando forte na prova da categoria Cadete.

Após a conquista de nada menos que seis títulos nacionais e regionais, pela categoria Mirim, na temporada de 2007, o kartista paulista Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom) foi consagrado como um dos expoentes de sua geração e revela a possibilidade de um futuro promissor na carreira automobilística, que já é acompanhada atentamente por pilotos astros nacionais e internacionais, bem como por chefes de equipe de categorias top do automobilismo. Seu talento impar, velocidade nata e estilo de “tocada” limpa, sem necessidade de recorrer aos habituais toques que caracterizam as categorias de base do kartismo, para conquistar posições, tem chamado, cada vez mais, a atenção de que é “do ramo”.

No decorrer do mês de abril, o Dollynho (como é conhecido o piloto nas pistas brasileiras) reconfirmou essas expectativas, vencendo espetacularmente a prova da Cadete na segunda etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana – o maior certame regional da modalidade no país -, fechou na segunda colocação a prova da categoria Super Cadete do mesmo certame e garantiu umas das cobiçadas vagas do pódio da Cadete, na terceira rodada do Campeonato Paulista de Kart, em Interlagos, a “Meca” do kartismo brasileiro e circuito que revelou para o mundo da velocidade o talento de Ayrton Senna, Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Helio Castroneves, Felipe Massa, Lucas Di Grassi & Cia.

clique para ampliar
A chegada da Cadete
Foto:Fabio Oliveira
Com a marca de 59s689, Raucci classificou seu micromonoposto para partir da quinta posição do grid da Cadete na Granja Viana. Na largada, preso atrás do kart de Lucas Pereira que partira da terceira posição, Giuliano caiu para o sexto posto, mas assim que os pneus de seu kart atingiram a temperatura ideal de funcionamento, passou a conquistar rapidamente posições. Em poucas voltas assumia a quarta colocação, acossando Felipe Gildin, pole position que caíra para o terceiro posto. A liderança era de Pereira, com Matheus Jacques na segunda colocação.

Duas voltas depois, Giuliano Raucci já estava na viceliderança da corrida, colado na traseira do kart de Pereira, pronto para assumir a dianteira. Mas, após receber um toque de corrida em seu kart, Raucci voltou para o terceiro posto na passagem seguinte. Sem desanimar, Giuliano retomou a segunda posição em sensacional ultrapassagem na entrada da Reta da Torre, novamente “embutido” no kart de Lucas Pereira, que liderava a competição. Na mesma volta o Dollynho ultrapassou o ponteiro, assumindo a dianteira da corrida, com Lucas Pereira em segundo, Matheus Jacques em terceiro, Felipe Ortiz na quarta posição, Cauê Arias com o quinto posto e Bruno Guidetti na sexta colocação.

A atenção do bom publico presente catalisava para a belíssima disputa, com constante troca de posições entre os ponteiros. Uma volta depois de assumir a liderança, Raucci foi ultrapassado por Pereira, caindo para o segundo posto. Na volta subseqüente, Felipe Gildin era o líder, com Giuliano mantendo a segunda colocação, à frente de Jacques, Pereira e Arias, que vinham “na bota”. Decidido, Giuliano Raucci deu o bote no final da Reta da Torre, retomando a liderança, que não mais perdeu até a apresentação da bandeira a quadros.

clique para ampliar
Giuliano Raucci - Super Cadete
Foto:Claudio Reis
Seis horas depois, Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom) voltava ao asfalto do seletivo circuito do Kartódromo Granja Viana. Desta vez para a tomada de tempos classificatório da categoria Super Cadete, a mais nova classe do kartismo nacional, que adota nos chassis Cadete os motores Fireball de dois tempos de ciclo e 125cc, com redutor de admissão, criada como degrau intermediário entre a Cadete e a categoria Junior Menor. Com a marca de 54s632, Raucci cravou a pole position para a prova da categoria.

Após uma volta de aquecimento e alinhamento, mesmo com os bólidos sem a formação ideal, foi autorizada a largada da prova da Super Cadete. Por estar bem atrás do outro kart com quem dividia a primeira fila da grelha, Raucci não conseguiu manter a vantagem do posicionamento por estar na linha ideal de tomada da primeira curva do circuito, caindo para a segunda colocação.

Sem esmorecer, Giuliano tratou de acompanhar de perto Rafael Martins que liderava a prova, “estudando” o melhor momento de buscar a ultrapassagem. Três voltas depois, Raucci conseguiu a ultrapassagem na entrada do “miolo” do circuito, assumindo a dianteira da corrida. Porém, duas voltas depois, seu kart começou a falhar e perder nitidamente rendimento, pelo que, Martins retomou a liderança da prova.

Mesmo com as dificuldades mecânicas, Giuliano Raucci conseguia manter-se próximo ao líder da competição e adiante de Daniel Mattar, que acompanhava de perto os dois ponteiros, na terceira colocação. Três voltas depois, a ultima volta da disputada corrida, Raucci tentou sua cartada final, ladeando Martins na curva de entrada do miolo. Todavia, o menor rendimento do motor de seu kart não lhe permitiu completar a manobra e Martins cruzou a linha final na primeira colocação, com Giuliano Raucci em segundo e Daniel Mattar na terceira colocação.

“Foram duas provas de arrepiar em quais a pilotagem do Giuliano fez a diferença. Na Cadete nenhum dos ponteiros tinha posição definida até a bandeirada final e Giuliano esbanjou todo seu talento para garantir uma vitória que ficará um bom tempo guardada na memória de quem acompanhou. Na Super Cadete tínhamos tudo para repetir o resultado, mas o motor passou a falhar e perder rendimento durante a corrida e o Giuliano teve de levar ‘no braço’ o kart até o final”, esclareceu Victor Chiarella, team owner da laureada equipe KartZoom, responsável pelos ajustes no bólido do Dollynho. “Esse fato acabamos comprovando na segunda-feira, pois após abrirmos o motor de seu kart, o preparador de motores encontrou dentro um pedaço de borracha de pneu, que havia entrado pela carburação. Não sabemos como o motor não quebrou durante a corrida, mas ficamos extremamente satisfeitos ao constatar que mesmo com um problema grave em seu kart, Giuliano soube tirar o máximo de rendimento possível e disputar a vitória até a ultima volta. Giuliano Raucci é uma jóia rara que temos o prazer de poder ajudar a lapidar”, complementou com indisfarçável sorriso de orgulho o festejado preparador.

No “Pride” do Paulista:

clique para ampliar
O Dollynho liderando em Interlagos
Foto:Claudio Reis
Duas semanas depois, no sábado 18/04, o Kartódromo Ayrton Senna – Interlagos – recebeu a terceira etapa do mais tradicional certame da modalidade no país, o Campeonato Paulista de Kart.

De volta aos “four stroke” de 5,5hp da categoria Cadete, Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom) treinou forte com a equipe KartZoom no decorrer da semana, buscando os melhores ajustes em seu flamejante kart #25. Os resultados forma extremamente animadores, com Raucci sempre estabelecendo marcas muito competitivas em todas as praticas.

Na manhã do sábado, com o motor sorteado fornecido pela organização, os bólidos da Cadete adentraram ao veloz traçado escolhido, para o warm-up matinal e as expectativas de um bom desempenho se confirmaram, com Raucci estabelecendo a melhor sexta marca da pratica.

Já no treino classificatório, que definiu a ordem dos micromonopostos no grid da prova da categoria, Giuliano acelerou fundo, conquistando a segunda posição da grelha, no lado externo da primeira fila. Embora excelente esse resultado, o cuidado em revisar cada detalhe de seu kart redobrou, posto que a categoria é extremamente equilibrada e competitiva, o que se verificava ante os ínfimos 112 milésimos de segundo separavam o segundo do sexto colocado no grid e a constatação de que os quinze primeiros do partidor classificaram com menos de um segundo de diferença de tempo.

Na partida da prova, os karts que ocupavam a linha interna preferencial da tomada da veloz curva ao final da longa reta de largada, levaram vantagem sobre os que partiram da fila externa. Sem espaço para encaixar seus kart na fila do “trenzinho”, Giuliano perdeu posições, caindo para o quinto posto em que fechou a primeira passagem. Na volta seguinte já ocupava a quarta posição, mas nada parecia caminhar para uma definição dentre o compacto bloco de liderança, já que os nove primeiros andavam em um ritmo uníssono com constante troca de posições.

Quatro voltas depois, João Manuel e Vinicius Paparelli conseguiam abrir pequena vantagem, em um duelo particular pela liderança. Em terceiro, Giuliano recebia forte pressão de Gabriel Sereia, que era seguido de perto por Zaya Fontana. Mas o franco combate entre os dois ponteiros permitiu a rápida aproximação de Raucci, que duas voltas depois assumia a segunda colocação e colocava o líder Paparelli em sua “alça de mira”.

Com um ritmo avassalador, Giuliano Raucci assumiu na nona passagem a liderança da corrida, com Paparelli em segundo, Manuel em terceiro, Sereia em quarto, Fontana em quinto, Yurik Carvalho em sexto, Victor Batista em sétimo e Pedro Fonseca em oitavo. Todos muito próximos e dispostos a levar para casa o troféu de vencedor. Na volta seguinte, o sempre agressivo Paparelli viu uma pequena “brecha”, em qual enfiou seu kart, forçando a ultrapassagem apoiado na lateral do bólido de Raucci, que escapou para o lado “sujo” da pista, em qual ficam depositados detritos de pneus e grãos de poeira. Com menor aderência, Giuliano foi ultrapassado por Manoel e Sereia, caído para a quarta colocação, adiante de Fontana e Victor Batista.

Na volta subseqüente, Giuliano recebeu forte impacto na traseira de seu kart em uma das freadas do circuito, mas uma vez perdendo estabilidade e caído para a oitava posição, a ultima do compacto bloco dianteiro. Confiante, Raucci partiu para a recuperação e na volta seguinte já era o sétimo, adiante de Fontana e colado em Pedro Fonseca, que atacava Sereia. Mais uma passagem e Raucci era o quinto, adiante de Fonseca e buscando superar Gabriel Sereia, que ocupava a quarta colocação.

Enquanto Vinicius Paparelli, Victor Baptista e João Manuel conseguiam isolar-se na liderança, a luta pela quarta posição fantástica, entre Sereia, Raucci, Fonseca e Fontana. Na ultima volta Giuliano buscou retardar a forte freada no final da reta dos boxes, tentando ultrapassar Gabriel Sereia, mas Fontana simplesmente não freou, atingindo com violência a traseira do bólido de Giuliano que, todavia, conseguiu controlar seu micromonoposto. Na saída da curva, Fontana apoiou o bico de seu kart no parachoques traseiro do kart de Giuliano, empurrando seu kart, o que é frontalmente contrario às normas desportivas e pratica habitual que busca ser coibida pelo Departamento de Kart da FASP- Federação de Automobilismo de São Paulo.

Com mais esse toque “voluntário”, Pedro Fonseca conseguiu superar ambos concorrentes. Mas não parou por aí. Na curva seguinte, o “Curvão” que dá acesso à ultima curva antes da bandeirada final, Zaya Fontana destilou toda sua antidesportividade, atingindo varias vezes o kart de Giuliano Raucci, nitidamente tentando “tirá-lo” da frente “na marra”. Após seguir reto em direção à lateral do kart de Giuliano, Fontana, finalmente, conseguiu seu intento de ultrapassar o adversário para cruzar a linha final na sexta colocação.

Após analise dos fatos pelos Comissários Desportivos, Zaya Fontana foi penalizado com o acréscimo de dez segundos ao seu tempo total de prova, por atitude antidesportiva. Giuliano Raucci, por ter revidado a inconseqüente atitude, foi advertido pelos Comissários ao final da corrida. Com a punição imposta, Giuliano Raucci ficou com a sexta colocação final da corrida da terceira etapa do Campeonato Paulista de Kart.

“Estou chateado com essa situação. Não é a primeira vez que o Zaya bate de propósito em meu kart e tenho a impressão que ele só sabe ultrapassar batendo. Meu kart estava muito bom, tanto que fiz a segunda melhor volta da corrida (53s467) e tinha tudo para chegar entre os três primeiros, mas levei varias batidas, que acabaram prejudicando minha corrida. O pior é que ele nunca pede desculpas e deve achar ‘bonitinho’ esse tipo de coisa”, desabafou o Dollynho ao final do dia de competições.

Confira o vídeo com a seqüência de batidas de Zaya Fontana em Giuliano Raucci: 

Delicadezas na última volta da Cadete - 2ª Etapa Campeonato Paulista de Kart 2009 from PlanetKart Videos on Vimeo.

Confira o resultado da Cadete e da Super Cadete na segunda etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana:

Cadete

  1. 1.- Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom), com 12 voltas em 12m18s776
  2. 2.- Felipe Ortiz, à 0s708
    3.- Matheus Jacques, à 1s587
    4.- Lucas Pereira, à 1s855
    5.- Cauê Arias, à 2s084
    6.- Bruno Guidetti, à 2s250
    7.- Gabriel Perez, à 3s926
    8.- Leonardo Baran, à 7s933
    9.- Lucas Lima, à 8s045
    10.- Pedro José, à 8s365
    11.- Victor Marlia, à 10s101
    12.- Rafael Furquim, à 29s322
    13.- Luiz Henrique, à 40s843

Pole Position: Felipe Ortiz, com 59s397

Melhor Volta: Matheus Jacques, com 58s916

 

Super Cadete

  1. 1.- Rafael Martins, com 13 voltas em 12m22s215
    2.- Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom), à 0s410
    3.- Daniel Mattar, à 1s689
  2. 4.- Lucas Vieira, à 14s391
    5.- Vitor Marlia, à 14s846
    6.- Gabriel Balarin, 30s897

Pole Position: Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom), com 54s632

Melhor Volta: Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom), com 54s838

 

Confira o resultado da Cadete na terceira etapa do Campeonato Paulista de Kart:

  1. 1.- Vinicius Paparelli, com 20 voltas em 18m06s235      
  2. 2.- João Manuel, a 0s594
  3. 3.- Vitor Baptista, a 0s733
  4. 4.- Gabriel Sereia, a 1s984
  5. 5.- Pedro Fonseca, a 3s255
  6. 6.- Giuliano Raucci (Refrigerantes Dolly/ ULV/ KartZoom), a 4s984
  7. 7.- Sergio Camara, a 5s001
  8. 8.- Yurik Carvalho, a 6s992
  9. 9.- Vinicius Balbuena, a 11s997
  10. 10.- Leonardo Raucci, a 12s469
  11. 11.- Cauê Arias, a 12s582
  12. 12.- João Felipe Marques, a 12s676
  13. 13.- Zaya Fontana, a 14s879 – penalizado 10 seg atitude antidesportiva
  14. 14.- Vitor Olivério, a 20s275
  15. 15.- Matheus Olivério, a 26s232
  16. 16.- Guilherme Baldin, a 26s742
  17. 17.- Alex Avez Jr., a 27s626
  18. 18.- Evaldo Silva Jr, a 33s841
  19. 19.- Gabriel Leão, a 20 voltas
  20. 20.- Matheus Vitorino, a 0s707

Pole Position: Vinicius Paparelli, com 53s690

Melhor Volta: João Manuel, com 53s455

 

clique para ampliar
A chegada da Cadete
Foto:Fabio Oliveira
Última atualização ( Qui, 30 de Abril de 2009 15:38 )  

Anúncios

Banner