Você está Aqui: Início

Campeonato Brasileiro – Rodrigo Dantas à la grande é o campeão na disputada F4 Senior

E-mail Imprimir PDF

( 3 Votos )

Rodrigo Dantas, o Sabiázinho, deu show para faturar seu primeiro título nacional, com direito a passão na última volta

Em uma final disputadíssima, Dantas conseguiu superar o favoritíssimo J.R. de Oliveira (irmão do João Paulo de Oliveira), que liderou a final até a última volta da corrida, quando foi surpreendido por Dantas, que não precisou socar ninguém desta vez para levar o título máximo da F4 Senior, com as bênçãos de Tuka Rocha.

A categoria teve como protagonistas dos treinos livres JR de Oliveira, Danillo Ramalho e Bruno Grigatti. A tomada de tempos classificatórios, o popular Qualy, foi dominado por Danillo Ramalho, que cravou a pole position para as três corridas classificatórias, sempre secundado pelo “capotador” Bruno Grigatti. Também nas três corridas a segunda fila foi de Digão Soares, ladeado por Ricardo Pinheiro. A terceira fila sempre formada do Rodrigo Dantes e Gustavo Berti.

Os 47 pilotos foram divididos em três grupos, que disputariam entre sí as classificatórias, para definir os 36 que alinhariam na corrida Final e, infelizmente, os onze que iriam para casa antecipadamente. Na primeira classificatória (A X B) deu Ramalho na cabeça – graças ao trabalho de coach de Matheus Ramalho, The Best -, com João Cunha na P2 Rodrigo “Sabiázinho” Dantas em terceirão.

A segunda classificatória (A X C) teve vitória do Palmitão, digo, de Digão Soares – também conhecido por aí como Rodrigo Soares -, que foi secundado por Ricardo Pinheiro e JR de Oliveira. Digão Soares repetiu a vitória na terceira bateria classificatória (B X C), dessa vez com Bruno Grigatti em segundo e João Cunha na P3. Rodrigo Dantas vinha na balada, sem se expor demais, mas com uma barata acertadíssima por ele mesmo – que é, também, preparador na Sabiá Racing. A tática este ano foi trocar a mineirice pelas porradas habituais...

A corrida Final, definidora do título de campeão nacional, começou quente, com muita disputa e a liderança do feríssima João Cunha, que liderou um compacto pack por quase dez voltas. Cunha chegou a abrir boa vantagem, mas foi traído por seu kart, que o deixou à pé.  J.R. de Oliveira assumiu a ponta e, comboiado de pertinho por Dantas, liderou tranquilo a maior parte das voltas, com ambos desgarrados do restante do pelotão.

Já com as duas mãos esticadas para o belo troféu de Campeão Brasileiro, J.R. de Oliveira deu uma distraidazinha na última volta de corrida e, esperto, Rodrigo Dantas fez a ultrapassagem que já vinha fazendo mentalmente a várias voltas. De surpresa, bem “mineirim”, sua inteligente estratégia.

Well, o sujeito guia muito, sabe tudo de acerto de um kart e a vitória, bem como  o consagrador título de Campeão Brasileiro de Kart, encaixaram como uma luva nas competentes mãos de Rodrigo Dantas e seu four stroke cabalístico, o #113.

J.R. de Oliveira, que também merecia o título, ficou com o vice e Danillão Ramalho, aproveitou direitinho os ensinamentos de seu coach e partiu da P19 para passar meio mundo e completar a prova Final na P3. Claro, foi merecidamente passear na caminhonete da CBA.

Edurdo Guido foi o quarto e Paulo Farias completou o pódio da categoria.

 

FINAL - F4S:

1) 113-RODRIGO TAVARES DANTAS (FASP),
2) 38-JOSE RICARDO DE OLIVEIRA (FASP), a 0.430
3) 118-DANILLO W M RAMALHO (FASP), a 1.199
4) 14-EDUARDO GUIDI (FAUESC), a 7.373
5) 71-PAULO FARIAS (FASP), a 8.078
6) 991-FABIO LIMA DE OLIVEIRA (FASP), a 9.394
7) 000-GUILHERME C. ZIMMERMANN (FPRA), a 10.519
8) 526-MÁRCIO E. DA SILVA PEREIRA (FAEES), a 10.805
9) 16-ROBERTO WUTHSTRACK JR (FAUESC), a 13.504
10) 33-CELSO JOSE BATISTA (FASP), a 16.388
11) 213-ALEX GRIGOLETTO (FPARN), a 19.000
12) 811-RAPHAEL XAVIER MARTIN (FASP), a 19.099
13) 821-LUIZ EDUARDO SALAU (FPARN), a 19.868
14) 353-ANDRÉ CASTANHO (FASP), a 19.999
15) 177-RICARDO V. DE TOLEDO (FEPAUTO), a 21.708
16) 102-ALLAN RAMOS (FAUESC), a 23.290
17) 138-RICARDO V. DE TOLEDO (FAB), a 23.457
18) 93-GUSTAVO H. GARCIA BERTI (FPRA), a 23.884
19) 112-GUILHERME F. DA SILVA (FASP), a 24.640
20) 81-MARCOS LELIS (FASP), a 24.886
21) 444-DANIEL AGNELO BIANCHI (FPARN), a 25.093
22) 144-CRISTIANO POLI (FASP), a 25.491
23) 226-IGOR RIBEIRO (FPRA), a 27.888
24) 23-ROGERIO POMPERMAYER (FASP), a 29.337
25) 29-RAFAEL D. DE OLIVEIRA (FASP), a 30.018
26) 78-MARCIO G. RAMALHO (FPARN), a 30.372
27) 49-RODOLFO L. SIGNORETTI (FASP), a 30.527
28) 89-LUCAS CHIMELLO (FASP), a 35.786
29) 10-TIAGO SARAIVA KRATKA (FADF), a 3 voltas
30) 107-BRUNO GRIGATTI (FASP), a 7 voltas
31) 24-JOAO CUNHA (FASP), a 8 voltas
32) 111-RODRIGO A. SOARES (FGA), a 8 voltas
33) 127-RICARDO D. PINHEIRO (FAUESC), a 8 voltas
34) 230-JOÃO LUIZ MAIA (FPARN), a 8 voltas
Melhor volta: DANILLO W M RAMALHO (118), 55.195 , 14ª volta

Última atualização ( Seg, 14 de Dezembro de 2020 15:35 )  

Adicionar comentário

Todos os Comentários enviados estão sujeitos a aprovação pelos administradores do site Planet Kart para a sua publicação.
O Planet Kart reserva-se ao direito de modificar ou excluir quaisquer trechos que eventualmente possam ferir a ética e os bons costumes , assim como denegrir a imagem de terceiros.
Os comentários publicados não necessariamente refletem os ideais do Planet Kart , e são de responsabilidade única e exclusiva de seus autores.
Para ter seu AVATAR exibido , inscreva-se no serviço www.gravatar.com (é gratuito)


Código de segurança
Atualizar